Fae

(85) 4005-1782

Você conhece a Lei 13.312? Essa lei foi sancionada para tornar obrigatória a medição individualizada de consumo hídrico nas novas edificações condominiais e, entra em vigor, em 2021. Ela tem origem no projeto de lei do Senado (PLS) aprovado no Senado em fevereiro de 2013 de forma terminativa (final) na Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle (CMA). O texto altera a Lei de diretrizes nacionais para o saneamento básico. A exigência da cobrança individual foi acrescentada ao artigo 29, que obriga a sustentabilidade financeira dos serviços de saneamento e estabelece a forma de cobrança. Atualmente, a maioria dos condomínios tem o custo do consumo de água rateado entre os moradores, tornando impossível saber quem consumiu mais e quem economizou no final do mês. Imagine uma pessoa que mora sozinha pagar o mesmo que uma família de quatro pessoas.

É por isso que a solução de coleta de dados da Fae - o Hydra - facilita na hora desse cálculo. Esse sistema de medição é feita com comunicação através de rádio frequência, ou seja, sem a necessidade da entrada de um leiturista no condomínio, dando mais comodidade e tornando possível que o condômino conheça seu próprio consumo e pague o que, de fato, gastou. Ocorre, com o Hydra, uma otimização do processo de leitura em campo e garantia de confiabilidade sem susceptibilidade a erros de leitura manual. Portanto, a individualização de água pode trazer muitos benefícios, por exemplo:
- Diminuição no preço da mensal de água;
- Facilidade de detectar vazamentos e infiltrações nas unidades do condomínio;
- Os moradores passam a consumir água de forma consciente e sustentável.
Converse com o seu síndico, entre no nosso site e veja todos os benefícios do nosso sistema Hydra.

Fonte: Agência Senado

Facebook
Google+
Twitter
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *